A ascensão dos partidos políticos de extrema direita na Europa

os possíveis reflexos desse fenômeno para União Europeia

  • Fernanda Araujo Mota Santos Faculdade de Direito de Vitória – FDV
  • Marcelo Fernando Quiroga Obregón Faculdade de Direito de Vitória – FDV
Palabras clave: Extrema direita, União Europeia, euroceticismo, ultranacionalismo, cenário político.

Resumen

O presente estudo lança uma análise acerca do atual cenário político europeu, a fim de compreender as causas e consequências do fenômeno de ascensão dos partidos políticos de extrema direita no continente, principalmente no que diz respeito à coesão do bloco da União Europeia, para tanto, busca-se compreender a relação entre a crise econômica global de 2008, bem como a crise dos refugiados e a crescente tendência ultranacionalista e euroceticista evidenciada em grande parte dos países europeus. Como base teórica, foram utilizados artigos científicos, teses, monografias, bem como notícias e informações advindas de renomados veículos de comunicação brasileiros e europeus, tal escolha se deu em virtude da dinamicidade do tema ora estudado.

Biografía del autor/a

Fernanda Araujo Mota Santos, Faculdade de Direito de Vitória – FDV

Acadêmica do curso de Bacharel em Direito da Faculdade de Direito de Vitória – FDV.

Marcelo Fernando Quiroga Obregón, Faculdade de Direito de Vitória – FDV

Doutor em Direitos e Garantias Fundamentais na Faculdade de Direito de Vitória - FDV, Mestre em Direito Internacional e Comunitário pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Especialista em Política Internacional pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, Graduado em Direito pela Universidade Federal do Espírito Santo, Coordenador Acadêmico do curso de especialização em Direito Marítimo e Portuário da Faculdade de Direito de Vitória - FDV -, Professor de Direito Internacional e Direito Marítimo e Portuário nos cursos de graduação e pós-graduação da Faculdade de Direito de Vitória - FDV.

 

Citas

AFP. Em 2017, o auge da extrema direita na Europa. Carta Capital. 30 dez. 2017. Disponível em: <https://www.cartacapital.com.br/internacional/em-2017-o-auge-da-extrema-direita-na-europa >. Acesso em: 09 set. 2018.

AFP. Conheça os principais episódios da crise migratória na Europa. G1. 24 jun. 2018. Disponível em: < https://g1.globo.com/mundo/noticia/conheca-os-principais-episodios-da-crise-migratoria-na-europa.ghtml >. Acesso em 09 set. 2018.

BRANDALISE, Carla. Europes des Patries: Histórico da Extrema Direita Européia. Disponível em: <http://132.248.9.34/hevila/CENAInternacional/2005/vol7/no1/3.pdf >. Acesso em: 09 set. 2018.

CASTRO, José Roberto. Qual a relação entre a estagnação da renda e a ascensão de políticas nacionalistas na economia. Nexo. 31 jul. 2016. . Disponível em: < https://www.nexojornal.com.br/expresso/2016/07/31/Qual-a-rela%C3%A7%C3%A3o-entre-a-estagna%C3%A7%C3%A3o-da-renda-e-a-ascens%C3%A3o-de-pol%C3%ADticas-nacionalistas-na-economia>. Acesso em: 09 set. 2018.

CHARLEAUX, João Paulo. Por que a extrema direita cresce no mundo, segundo este estudioso. Nexo. 29 set. 2017. Disponível em: < https://www.nexojornal.com.br/entrevista/2017/09/29/Por-que-a-extrema-direita-cresce-no-mundo-segundo-este-estudioso >. Acesso em: 09 set. 2018.

CHARLEAUX, João Paulo. Quais as conclusões sobre o resultado do 1° turno da eleição francesa. Nexo. 23 abr 2017. Disponível em: <https://www.nexojornal.com.br/expresso/2017/04/23/Quais-as- conclus%C3%B5es-sobre-o-resultado-do-1%C2%BA-turno-da-elei%C3%A7%C3%A3o-francesa>. Acesso em: 09 set 2018.

CHARLEAUX, João Paulo. Como Alemanha e França tentam refundar a União Europeia. Nexo. 23 abr 2018. Disponível em: < https://www.nexojornal.com.br/expresso/2018/04/23/Como-Alemanha-e-Fran%C3%A7a-tentam-refundar-a-Uni%C3%A3o-Europeia>. Acesso em: 09 set 2018.

CHARLEAUX, João Paulo. Qual o tamanho e os contornos da extrema direita alemã. Nexo. 23 abr 2017. Disponível em: < https://www.nexojornal.com.br/expresso/2018/09/09/Qual-o-tamanho-e-os-contornos-da-extrema-direita-alem%C3%A3>.Acesso em: 09 set 2018.

DUCOURTIEUX, Cécile. La Commission européenne met en cause la politique antimigrants de la Hongrie. Le Monde. 20 jun. 2018. Disponível em: < https://www.lemonde.fr/europe/article/2018/07/20/la-commission-europeenne-met-en-cause-la-politique-antimigrants-de-la-hongrie_5334032_3214.html >. Acesso em: 09 set. 2018.

HOBSBAWM, Eric J. A era dos extremos: o breve século XX (1914-1991). 2. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1994.

IADOLI, Rafael. Como uma decisão da Justiça impõe obstáculos ao Brexit. Nexo. 04 nov 2016. Disponível em: < https://www.nexojornal.com.br/expresso/2016/11/04/Como-uma-decis%C3%A3o-da-Justi%C3%A7a-imp%C3%B5e-obst%C3%A1culos-ao-Brexit>. Acesso em 09 set 2018.

IADOLI, Rafael. União Europeia: o maior projeto de integração regional em seus piores momentos. Nexo. 03 mar 2017. Disponível em: < https://www.nexojornal.com.br/explicado/2017/03/03/Uni%C3%A3o-Europeia-o-maior-projeto-de-integra%C3%A7%C3%A3o-regional-em-seus-piores-momentos>. Acesso em 09 set 2018.

IVARS, Jose Luis Figueira de Souza Ferreira. O Impacto das Determinantes Económicas e Sociais na Percentagem de Voto Obtida pelos Partidos Populistas Radicais. 2017. 74f. Dissertação de Mestrado (Universidade do Minho). Disponível em: < https://repositorium.sdum.uminho.pt/bitstream/1822/49513/1/Jos%C3%A9%20Lu%C3%ADs%20Figueira%20de%20Sousa%20Ferreira%20Ivars.pdf> . Acesso em: 09 set. 2018.

LÖWY, Michael. Dez teses sobre a ascensão da extrema direita europeia. Folha de São Paulo. 15 jun 2014. Disponível em: <https://www1.folha.uol.com.br/ilustrissima/2014/06/1469890-dez-teses-sobre-a-ascensao-da-extrema-direita-europeia.shtml>. Acesso em: 09 set 2018.

PIÇARRA, Nuno. A União Europeia e “a crise migratória e de refugiados sem precedentes”: crônica breve de uma ruptura do sistema europeu comum de asilo. 2015. 40 f. Artigo. (Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa). Disponível em: < http://www.scielo.mec.pt/pdf/epub/v3n2/v3n2a01.pdf >. Acesso em: 09 set. 2018.

PIMENTEL, Matheus. Quais as vitórias e derrotas recentes da extrema direita na Europa. Nexo. 10 abr 2018.Disponível em:

<https://www.nexojornal.com.br/expresso/2018/04/10/Quais-as-vit%C3%B3rias-e-derrotas-recentes-da-extrema-direita-na-Europa>. Acesso em: 09 set 2018.

RÜCKERT, Aldomar A.; ALBANUS, Adriana Pilar F. A política de coesão territorial da União Europeia: tendências recentes em cenário de crise e desemprego. 2016. Disponível em: < https://journals.openedition.org/confins/11098> . Acesso em 09 set. 2018.

SOARES, Ana Carolina Campera de Rezende. O Euroceticismo Contemporâneo e suas implicações para a União Europeia. 2017. Disponível em: < https://pucminasconjuntura.wordpress.com/2017/05/15/o-euroceticismo-contemporaneo-e-suas-implicacoes-para-a-uniao-europeia/>. Acesso em: 09 set. 2018

UNIÃO EUROPEIA. A União Europeia, o que é e o que faz? Luxemburgo, Serviço das Publicações da União Europeia. Disponível em: < https://publications.europa.eu/pt/publication-detail/-/publication/715cfcc8-fa70-11e7-b8f5-01aa75ed71a1>. Acesso em: 09 set. 2018.

UNIÃO EUROPEIA. Disponível em: < https://europa.eu/european-union/about-eu/eu-in-brief_pt> . Acesso em: 09 set. 2018.

ZÚQUETE, José Pedro. Novos tempos, novos ventos? A extrema-direita europeia e o Islão. 2011. 25 f. Artigo. (ICS, Universidade de Lisboa) Disponível em: <http://www.scielo.mec.pt/pdf/aso/n201/n201a03.pdf > Acesso em: 09 set. 2018.

Publicado
2019-03-30
Sección
VARIOS