La inmigración en América del Sur:

¿Brasil está preparado para el desafío de la inmigración? (artículo en portugués)

  • Fernando Oliveira Modenesi Faculdade de Direito de Vitória – FDV
  • Marcelo Fernando Quiroga Obregón Faculdade de Direito de Vitória – FDV
Palabras clave: inmigración, refugiados, Venezuela, Brasil.

Resumen

En el mundo globalizado que vivimos, con el intenso intercambio de información entre países, las fronteras geográficas están cada vez más permeables. Después de las grandes olas de inmigración iniciadas en 2013 en Europa, es el turno de Brasil enfrentar este desafío. El 2017 más de 10 mil venezolanos ingresaron a Brasil en busca de una vida mejor o simplemente huyendo de su país por motivos políticos o violentos. Este hecho se da por las dificultades enfrentadas por el pueblo venezolano como la crisis económica que asola el país, encontrando en Brasil un lugar en paz y estabilizado para seguir con sus vidas. El presente artículo busca verificar de qué manera Brasil podrá lidiar con las recientes olas de inmigración, si está preparado jurídicamente y administrativamente para afrontar tal desafio, utilizando para ello la base teórica encontrada en las autoras Deisy de Freitas Lima Ventura, así como Carolina Genovez Pereira y Vanessa Oliveira Batista.

Biografía del autor/a

Fernando Oliveira Modenesi, Faculdade de Direito de Vitória – FDV

Graduando em Direito pela Faculdade de Direito de Vitória – FDV.

Marcelo Fernando Quiroga Obregón, Faculdade de Direito de Vitória – FDV

Doutor em Direito. Direitos e Garantias Fundamentais na Faculdade de Direito de Vitória – FDV, Mestre em Direito Internacional e Comunitário pela Pontificia Universidade Católica de Minas Gerais, Especialista em Política Internacional pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, Graduado em Direito pela Universidade Federal do Espírito Santo, Coordenador Acadêmico do curso de especialização em Direito Marítimo e Portuário da Faculdade de Direito de Vitória – FDV, Professor de Direito Internacional e Direito Marítimo e Portuário nos cursos de graduação e pós-graduação da Faculdade de Direito de Vitória – FDV.

Citas

ACNUR. Convenção de 1951. http://www.acnur.org/portugues/convencao-de-1951/. Acesso em: 30.08.18.

BRASIL. CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988. Brasília, DF, mar 2017. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Lei/L13445.htm>. Acesso em: 05 set. 2018.

BRASIL. LEI Nº 13.445, DE 24 DE MAIO DE 2017. Institui a Lei de Migração. Brasília, DF, mar 2017. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Lei/L13445.htm>. Acesso em: 05 set. 2018.

BRASIL. LEI Nº 9.474, DE 22 DE JULHO DE 1997. Define mecanismos para a implementação do Estatuto dos Refugiados de 1951, e determina outras providências. Brasília, DF, mar 2017. Disponivel em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9474.htm>. Acesso em: 05 set. 2018.

Carta Capital. Para entender a Venezuela. Disponível em: https://www.cartacapital.com.br/blogs/brasil-debate/para-entender-a-venezuela. Acesso em: 30.08.18.

Carta Capital. Entrevista - Deisy de Freitas Lima Ventura. "Regulamento da Lei da Migração é uma catástrofe", diz especialista. Disponível em: < https://www.cartacapital.com.br/politica/regulamento-da-lei-da-migracao-e-uma-catastrofe-diz-especialista >.

Comissão Européia. Immigration by sex, country of birth and broad group of citizenship. Disponível em: <http://appsso.eurostat.ec.europa.eu/nui/show.do?dataset=migr_imm7ctb〈=en>. Acesso em: 22.08.2018.

European Court of Human Rights. CASE OF ILIAS AND AHMED v. HUNGARY. Disponível em: <http://www.statewatch.org/news/2017/mar/echr-hungary-removals-Ahmed-v-Hungary-judgment.pdf>. Acesso em: 22.08.18.

Folha de São Paulo. Dependência do petróleo e decisões do chavismo gestaram calote venezuelano. Disponível em: https://www1.folha.uol.com.br/mundo/2017/11/1936424-dependencia-do-petroleo-e-decisoes-do-chavismo-gestaram-calote-venezuelano.shtml. Acesso em: 30.08.18.

Fundo Monetário Internacional. Report for Selected Countries and Subjects. World Economic Outlook Database, October 2014 (em inglês). Disponível em: http://www.imf.org/external/pubs/ft/weo/2014/02/weodata/weorept.aspx?sy=2015&ey=2015&ssd=1&sort=country&ds=.&br=1&pr1.x=71&pr1.y=10&c=336%2C213%2C218%2C223%2C228%2C288%2C233%2C293%2C248%2C366%2C298%2C299&s=PPPGDP%2CPPPPC&grp=0&a=. Acesso em: 04 de set. 2018.

G1. Após ataques de brasileiros, 1,2 mil venezuelanos deixaram o país, diz Exército. https://g1.globo.com/rr/roraima/noticia/2018/08/19/pacaraima-tem-ruas-desertas-apos-confronto-entre-brasileiros-e-venezuelanos.ghtml. Acesso em: 30.08.18

G1. Brasil tem cerca de 30,8 mil imigrantes venezuelanos; somente em 2018 chegaram 10 mil, diz IBGE. https://g1.globo.com/economia/noticia/2018/08/29/brasil-tem-cerca-de-308-mil-imigrantes-venezuelanos-somente-em-2018-chegaram-10-mil-diz-ibge.ghtml. Acesso em: 30.08.18.

G1. FMI projeta inflação de 1.000.000% na Venezuela para 2018. Disponível em: https://g1.globo.com/economia/noticia/fmi-projeta-inflacao-de-1000000-na-venezuela-para-2018.ghtml. Acesso em: 30.08.18.

http://www.un.org/esa/population/migration/ga/SG_Report_A_68_190.pdf. Acesso em: 22.08.2018.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Vamos conhecer o Brasil. Nosso povo. Migração e Deslocamento. 2010. Página do site. Disponível em: http://7a12.ibge.gov.br/vamos-conhecer-o-brasil/nosso-povo/migracao-edeslocamento.html.

Jornal de Notícias. https://www.jn.pt/mundo/interior/brasil-disposto-a-receber-100-mil-refugiados-sirios-5167737.html. Acesso em: 30.08.18.

Michaelis, Henriette. Michaelis: dicionário online de português. Disponível em:<http://michaelis.uol.com.br/busca?id=BVa4R>. Acesso em: 22.08.2018.

ONU. http://www.acnur.org/portugues/noticias/noticia/refugiado-ou-migrante-o-acnur-incentiva-ausar-o-termo-correto/. Acesso em 09 de maio de 2017.

PAIVA, Rafael Bianchini Abreu. A tragédia econômica venezuelana. Disponível em: https://www.cartacapital.com.br/blogs/conjunturando/a-tragedia-economica-venezuelana. Acesso em: 04 set. 2018.

PEREIRA, Carolina Genovez. BATISTA, Vanessa Oliveira. As normas nacionais e internacionais na América do Sul e sua repercussão nos fluxos migratórios regionais. Revista de Direito Brasileira RDB. Ano 3, vol. 5, Mai/Ago, p. 375, 2013.

UNITED NATIONS. International Migration Report 2013.. Department of Economic and Social Affairs. Population Division. 2013. Disponível em:

VENTURA, Deisy. REIS, Rossana Rocha. Criação de lei de migrações é dívida histórica do Brasil. Anteprojeto apresentado ao Ministério da Justiça pode substituir o Estatuto do Estrangeiro, um entulho autoritário. Carta Capital. Disponível em: http://www.cartacapital.com.br/sociedade/divida-historicauma-lei-de-migracoes-para-o-brasil-9419.html. Acesso em: 30.08.2018.

Publicado
2019-10-01
Sección
VARIOS